NOTÍCIAS

Dom Pedrito – Polícia Civil prende acusado de pedofilia

Com a autorização concedida pela Justiça, no início da tarde desta terça-feira (3), a Polícia Civil efetuou a prisão preventiva do homem acusado de pedofilia, em que no mínimo 10 crianças teriam sido vítimas. O acusado foi preso em sua residência, situada no Bairro Santa Terezinha, levado para a Delegacia de Polícia e posteriormente ao Presídio Estadual de Dom Pedrito. Queremos deixar claro aos nossos leitores que não podemos divulgar nome e idade do acusado, pelo motivo das investigações estarem começando.

 

Relembre o caso
Na noite de terça-feira (27/05), os policiais cumpriram mandado de busca na casa do mesmo e apreenderam seu telefone celular, onde haviam torpedos enviados para menores de idade e alguns DVD's que estavam protegidos por senha e até agora os policiais não conseguiram ter acesso ao conteúdo do disco. 

 

O acusado revelou aos policiais que sente atração por menores de idade e que acredita que já teria abusado de no mínimo dez crianças. Os investigadores Patrício Antunes e Lauro Telles, disseram, que "os contatos com as crianças eram mantidos pelo Facebook, ele tinha acesso às crianças devido ao trabalho dele. 

 

Ele conversava com as crianças, oferecia dinheiro em troca, presentes e uma dessas conversas veio até a gente, à família nos mostrou a conversa em que o menino de 13 anos de idade estava sendo aliciado pelo homem. “Quando fomos até o acusado, ele confessou que gostava de meninos e meninas, embora a maioria das conversas da rede social em que tivemos acesso, serem com meninos”, relatam os policiais.

 

A partir de agora, os pais das crianças deverão ser chamados até a Delegacia de Polícia, para terem conhecimento do crime que seus filhos estavam sendo vítimas, pois as grandes maiorias dos responsáveis não sabem que as crianças foram vítimas de tamanha barbárie.

 

Reportagem: Elliézer Garcez
Jornalista Responsável: Marcelo Brum – FENAJ 6634
Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br

 

 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
×

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios