NOTÍCIAS

Dom Pedrito – Aspedef vem promovendo 1600 atendimentos por mês

A Associação Pedritense do Deficiente Físico (Aspedef) já contabiliza 1.600 atendimentos mensais, entre os usuários por excelência da entidade, que são as pessoas portadoras de deficiência, e os pacientes encaminhados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para atendimentos nas áreas da Fisioterapia e Fonoaudiologia. 

 

São serviços de enorme relevância prestados por uma entidade que recebe apoio da prefeitura, através da cedência de profissionais e de uma subvenção anual, como também dos clubes de serviço e da comunidade que auxilia através de doações e participação em eventos promocionais. Confira os números:

 

 

 

 

 

– Pacientes atendidos na Fisioterapia, por dia: 32, sendo 20 no turno da manhã, pelo técnico cedido pela prefeitura, e 12 no turno da tarde, pela técnica contratada pela instituição;

 

– Fonoaudiologia: técnica cedida pela prefeitura realiza 44 atendimentos mensais; nas quintas-feiras faz exames auditivos (5) e nas sextas-feiras atendimentos individualizados (6);

 

– Psicologia: Atendimento clínico apenas aos usuários da entidade, devido às duas psicólogas serem contratadas pela Aspedef;

 

– Grupos Terapêuticos: AVC I e AVC II – 30 pacientes (grupo quinzenal) de pessoas que foram acometidas de Acidente Vascular Cerebral são acompanhados pela equipe multidisciplinar; PARKINSON – Grupo em formação, com a primeira reunião marcada para 7 de maio, às 14h, nas dependências da Aspedef;

 

– Outros grupos com intervenção psicossocial: Pintura em Madeira (voluntária) Costura & Artesanato (voluntária), Informática (voluntário), Grupo da Assistente Social Clarice Brito; Marcenaria (contratado pela Aspedef), Pintura em Tecido (contratada pela Aspedef). Total de usuários que frequentam a Aspedef, semanalmente, nos grupos: 60;

 

– Assistente Social: técnica cedida pela prefeitura. Atende nas quintas-feiras, manhã e tarde;

 

– Nutricionista: técnica contratada pela Aspedef. Atende nas quartas-feiras à tarde e nas sextas-feiras pela manhã.

 

– Todos os usuários possuem transporte gratuito pela entidade para participarem dos grupos terapêuticos, e recebem lanche. Essas pessoas são apanhadas em suas residências, levadas até a entidade e, posteriormente, reconduzidas aos seus lares, sendo utilizadas, para isso, as duas Kombis da entidade.

 

Por: Silvio Bermann
Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
×

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios